Alexandre de Castro e Rogério Costa assumem novas posições na Unipar

Alexandre de Castro, que anteriormente ocupava o cargo de Diretor Comercial de PVC, passa a liderar a diretoria de Negócios Unipar, unificando as equipes de químicos e PVC. O executivo, que atua na companhia desde 2019, possui mais de 25 anos de experiência na Indústria Química, tendo atuado na Braskem e Dow. 

Rogério Costa, na Unipar desde 2009, estava à frente da diretoria de Negócios Químicos e assume uma nova posição criada pela companhia, de Diretor de Crescimento e Inovação. Com mais de 20 anos de atuação no mercado, o profissional teve passagens pela SABIC e GE. 

Ambas as movimentações estão em linha com a ambição da Unipar em dobrar de tamanho nos próximos 10 anos. Visando sua excelência operacional, o novo desenho organizacional reflete seu crescimento sustentável com a criação da nova área e a integração dos times de negócios químicos e PVC. 

Em breve teremos novidades

13

Evaporação

A Soda Cáustica é produzida na eletrólise e concentrada pelo processo de evaporação.

6

Sala de Células

Na sala de células ocorre a ELETRÓLISE. E assim, a energia elétrica age sobre a salmoura e a transforma em SODA CÁUSTICA, CLORO E HIDROGÊNIO.

Etapas

(3) Tratamento

(4) Filtração

(5) Controle

(3) A SALMOURA é tratada para eliminar impurezas, filtrada (4) e passa sob um rigoroso controle (5) para alimentar as CÉLULAS ELETROLÍTICAS.

2

Salmoura

Prepara-se então a SALMOURA que é obtida por dissolução do sal em água para ser usada depois na ELETRÓLISE.

);