Unipar leva alunos da rede pública de Rio Grande da Serra (SP) ao Museu Catavento

Companhia tem o objetivo de impactar 900 mil pessoas ao longo de 2023 investindo no desenvolvimento humano, com iniciativas nas frentes de educação, cultura, esportes e ação social 

São Paulo, 22 de maio de 2023 – A Unipar, líder na produção de cloro e soda e segunda maior produtora de PVC na América do Sul, promoverá uma visita dos alunos da rede pública de ensino da cidade de Rio Grande da Serra (SP) e de famílias assistidas pela ONG Aprisco ao Museu Catavento, em São Paulo, no dia 26 de maio. Mais de 250 alunos e aproximadamente mais 50 pessoas, entre as famílias assistidas pela Aprisco e profissionais da Secretaria de Educação e Cultura do município, estão confirmadas para a ação promovida pela companhia.

Historicamente comprometida com o desenvolvimento sociocultural do País, a Unipar atua em prol da valorização do patrimônio histórico, artístico, cultural e memorial do Brasil desde sua criação. Para 2023, a companhia selecionou mais de 40 projetos para seu programa de Investimento Social Privado, com investimentos na ordem de R$ 15 milhões, que devem impactar 900 mil pessoas.

“O desenvolvimento humano é uma prioridade para nós, tanto que é um dos pilares da nossa diretriz de sustentabilidade. Nesse sentido, atuamos nas frentes de educação, esporte, cultura e ação social. E, na visão de ecossistema, atuamos em parceria com os Conselhos Comunitários Consultivos (CCCs), que reúnem representantes das comunidades do entorno de nossas fábricas e com as secretarias municipais, que possibilitam o acesso de estudantes a essas iniciativas. Com eles, fazemos uma escuta ativa e debatemos as preocupações e interesses da comunidade para buscar a melhor forma de contribuir. Este é o compromisso que conecta a empresa aos locais onde está instalada, estabelecendo um pacto duradouro de confiança, transparência e de desenvolvimento sustentável com as comunidades ao redor”, ressalta Suzana Santos, head de comunicação e sustentabilidade da Unipar.

O Museu Catavento foi inaugurado em março de 2009 com a missão de aproximar crianças, jovens e adultos do mundo científico, despertar a curiosidade e transmitir conhecimentos básicos e valores sociais, por meio de exposições interativas e atraentes, com linguagem simples e acessível. Em 2023, conta com o incentivo da Unipar, sendo um dos grandes equipamentos culturais que a companhia aposta para levar educação e impactar a sociedade. O local possui 219 instalações, em 12 mil metros quadrados de área expositiva, divididas em quatro grandes seções: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. 

Em breve, o Catavento contará com uma nova experiência da Unipar, que deve ficar na seção de Sociedade, onde há outras exposições que se ligam ao tema água. Esse projeto tem sido desenvolvido juntamente com os profissionais do museu e deve ocupar uma área de 38 m², no segundo andar.

Mais de 6 milhões de visitantes já foram recebidos pelo Catavento que está localizado em um dos edifícios históricos mais importantes da cidade de São Paulo, o Palácio das Indústrias. Inaugurado em 1924, originalmente como local de exposições, o espaço teve ao longo de sua história diversos outros usos, retomando sua finalidade original com a implantação do Museu Catavento.

Outros projetos de impacto nacional

Recentemente a companhia participou ativamente do maior evento de arte da América Latina, a SP–Arte (Festival Internacional de Arte de São Paulo), onde é uma das principais patrocinadoras. O evento que recebe mais de 100 mil visitantes por ano, contou novamente com a Unipar para desenvolver o mercado brasileiro e promover o acesso à arte e ao conhecimento. Como parte do apoio à exposição, a empresa levou cerca de 140 professores e 80 estudantes de escolas públicas de Cubatão e Rio Grande da Serra para acompanhar presencialmente a ação.

Sobre a Unipar

A Unipar é líder na produção de cloro e soda e a segunda maior produtora de PVC da América do Sul. Se destaca como uma das principais fornecedoras para os setores de saneamento e construção civil e produz matérias-primas para todas as indústrias, entre elas têxtil, de papel e celulose, de desinfetantes, alumínio, brinquedos, sapatos, alimentos, bebidas e farmacêutica, entre outras. As ações da Unipar estão listadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão sob os tickers: UNIP3, UNIP5 e UNIP6.

A companhia está presente hoje no Brasil e Argentina, com escritórios em São Paulo e Buenos Aires, e fábricas em Santo André e Cubatão (SP) e também em Bahía Blanca (Ar), além de estar construindo uma nova planta em Camaçari (BA). A empresa tem ainda duas joint ventures para autoprodução de energia renovável, com dois parques eólicos na Bahia e Rio Grande do Norte e um parque solar em Minas Gerais.

Em breve teremos novidades

13

Evaporação

A Soda Cáustica é produzida na eletrólise e concentrada pelo processo de evaporação.

6

Sala de Células

Na sala de células ocorre a ELETRÓLISE. E assim, a energia elétrica age sobre a salmoura e a transforma em SODA CÁUSTICA, CLORO E HIDROGÊNIO.

Etapas

(3) Tratamento

(4) Filtração

(5) Controle

(3) A SALMOURA é tratada para eliminar impurezas, filtrada (4) e passa sob um rigoroso controle (5) para alimentar as CÉLULAS ELETROLÍTICAS.

2

Salmoura

Prepara-se então a SALMOURA que é obtida por dissolução do sal em água para ser usada depois na ELETRÓLISE.

);