Unipar anuncia transição na alta administração da companhia

São Paulo, 05 de fevereiro de 2024 – A Unipar, maior produtora de cloro e soda e segunda maior de PVC da América do Sul, comunica que inicia hoje uma transição na alta administração da Companhia. 

Maurício Parolin Russomano, atual CEO, deixará a empresa após a próxima Assembleia Geral Ordinária (AGO) que acontecerá no mês de abril, quando finaliza seu mandato. O executivo teve um ciclo exitoso na liderança da organização, tendo contribuído de forma relevante para a implementação das diretrizes estratégicas de crescimento sustentável da Unipar. Agradecemos o valoroso capítulo de sua gestão, seu compromisso com a transição estruturada, e desejamos sucesso nos seus novos desafios. 

Rodrigo Cannaval, que atua há quatro anos na função de diretor executivo industrial, será indicado após a AGO para iniciar novo mandato como CEO da Unipar. A indicação de Cannaval, que já vem contribuindo com as diretrizes estratégicas em curso, está em linha principalmente com os desafios desta nova etapa da Companhia. 

Cannaval, com sua expertise e experiência, liderará a nova jornada de expansão e modernização tecnológica, que terá um dos maiores ciclos de investimentos (Capex) da história da Unipar. Entre os principais projetos da organização já anunciados, destacamos a implementação da substituição das tecnologias de mercúrio e diafragma por membrana para a produção de cloro e soda, e a operacionalização da nova fábrica de Camaçari, na Bahia. 

Além disso, Cannaval tem a responsabilidade de implementar a estratégia de expansão da Unipar, que considera crescimento orgânico ou por aquisição no Brasil, Argentina ou outras geografias, com sua visão e expertise para integrar e otimizar processos industriais e de negócios com o mais alto padrão de segurança, que já vem promovendo na sua atual função.  

A Unipar aproveita ainda para anunciar a indicação do atual diretor comercial Alexandre de Castro para a nova posição de diretor executivo comercial. 

A definição fortalece a diretriz estratégica de crescimento sustentável que está alicerçada naturalmente na oferta de produtos e serviços de alta qualidade para nossos clientes, com confiabilidade, segurança e excelente experiência. Nosso o objetivo é atuar para ser a primeira escolha dos clientes. 

Desejamos sucesso para Cannaval e Alexandre neste novo ciclo próspero.

Em breve teremos novidades

13

Evaporação

A Soda Cáustica é produzida na eletrólise e concentrada pelo processo de evaporação.

6

Sala de Células

Na sala de células ocorre a ELETRÓLISE. E assim, a energia elétrica age sobre a salmoura e a transforma em SODA CÁUSTICA, CLORO E HIDROGÊNIO.

Etapas

(3) Tratamento

(4) Filtração

(5) Controle

(3) A SALMOURA é tratada para eliminar impurezas, filtrada (4) e passa sob um rigoroso controle (5) para alimentar as CÉLULAS ELETROLÍTICAS.

2

Salmoura

Prepara-se então a SALMOURA que é obtida por dissolução do sal em água para ser usada depois na ELETRÓLISE.

);